Mapeamento de público alvo para o setor imobiliário

Mapeamento de público alvo para setor imobiliário em tempos de crise

O mapeamento de público alvo para o setor imobiliário em tempos de crise é extremamente importante. Afinal, criar estratégias que tenham mais resultados nesse momento de crise é muito mais difícil se você não tem bem definido qual é o público que visa atacar. 

Para te ajudar nisso, criamos esse post. Para te mostrar a diferença que a definição do seu público alvo pode ter nos resultados do seu negócio. E como você pode utilizar essas informações tão importantes. 

Além disso, você vai ver como fazer o mapeamento do público alvo para o setor imobiliário. Assim como descobrir formas de pensar em estratégias para aumentar suas vendas, com exemplos do segmento. E ainda visualizar métodos e ferramentas que podem te ajudar a definir esse público alvo. 

O que é mapeamento de público alvo e porque ele é tão importante para o setor imobiliário?

O público alvo nada mais é do que um grupo de empresas ou pessoas com características em comum, que você pretende atingir com seu produto ou serviço. O perfil desse seu potencial consumidor é composto por uma série de informações. Sejam elas demográficas, profissionais ou até mesmo pessoais. 

Público alvo setor imobiliário

Se ao ler isso você pensou”ah mas eu posso atender todo mundo, meu produto é universal”, esse artigo é justamente para você! 

Porque tudo bem, você até pode atender a vários públicos diferentes. Mas é importante identificar quais são os aspectos em comum dos consumidores que você busca no mercado. Isso é importante para abordá-los da melhor forma possível. 

Uma imobiliária que trabalha com aluguel de escritórios e salas comerciais utiliza uma comunicação e abordagem completamente diferentes de uma imobiliária que vende casas populares, por exemplo. 

Por isso é tão importante o mapeamento de público alvo para o setor imobiliário. Especialmente em momentos de crise, onde a assertividade nas estratégias é tão importante.

Definindo melhor qual é a imagem desse nosso público alvo, podemos responder perguntas como:

  • Quais canais de comunicação meus leads utilizam mais?
  • Quais são os conteúdos mais interessantes para atrair o meu público?
  • Qual é o tipo de  linguagem mais adequada de utilizar?
  • Quais são as dores que meu público busca resolver com o meu produto? 
  • Qual é a rotina desse meu público, qual é o melhor momento para abordá-lo?

Então, com essas perguntas respondidas, conseguimos ir além e entender aspectos muito mais profundos do seu público alvo. Bem como compor melhores estratégias de abordagem te tragam mais resultados. 

Como um mapeamento de público bem feito pode ajudar a ultrapassar a crise em vendas?

Um mapeamento de público alvo, quando bem feito no setor imobiliário, feito pode te abrir os olhos para um mundo de possibilidades. Que, inclusive, não são enxergadas facilmente quando não se tem plena noção de qual é o perfil desse público.

Tendo um mapeamento de público alvo definido no setor imobiliário, você já sabe de antemão quais pessoas ou empresas são mais interessantes para o seu negócio. Assim fica mais fácil de segmentar por um perfil que faça sentido para o seu negócio. 

Por exemplo, percebi pelo meu mapeamento de público alvo que minha imobiliária aluga salas comerciais para novas empresas de advocacia e contabilidade da região x. 

Além disso, percebi que sempre negocio com os sócios, e eles normalmente preferem se comunicar por telefone

Dentro disso, posso procurar saber quais são os CNPJs abertos pelo menos há 4 meses nessa região x. E então, ligar para essas empresas para identificar se já encontraram imóvel para se instalarem ou se ainda estão procurando. 

Nesse momento, mais do que nunca, é preciso conhecer bem quem são os seus clientes. Saber quais as dores você soluciona, o que ele procura em um imóvel, quando e de que forma ele procura. Além de quais são seus diferenciais frente aos concorrentes. 

Tudo isso é importantíssimo para tomar decisões estratégicas sobre o seu negócio.

Como fazer o mapeamento do público alvo para o setor imobiliário? 

Ok! Já entendi que mapear meu público alvo pode fazer a diferença no setor imobiliário, mas como faço isso, na prática?

Primeiramente pense num grupo de bons clientes que você atende ou atendeu. Com esses nomes em mente, mapeie as características demográficas que eles possuem. Como por exemplo, região, sexo, idade, estado civil, escolaridade, etc. 

Agora que já captou os dados demográficos, vamos ao segundo passo: descobrir porque eles fecharam negócio com você. 

Nesse ponto, você pode até pensar “ah, ele fechou comigo porque precisava de uma casa nova”, mas aí eu te pergunto: 

  • Por que eles precisavam de um novo imóvel? 
  • Que motivos os levaram a se mudar? 
  • Eles fecharam o negócio para fazer um investimento imobiliário?
  • Quais características eles precisavam num imóvel?
  • Quais os diferenciais da sua imobiliária que chamou a atenção desses clientes?
  • Porque eles fecharam contigo e não com o concorrente?

O que mais você precisa saber para fazer o mapeamento do seu público alvo? O objetivo aqui é conhecer um pouco mais sobre o momento de vida dessa pessoa/empresa. Ou seja, entender que caminhos ela pode trilhar até chegar à sua imobiliária. 

Então, por último, mas não menos importante, vamos identificar mais a fundo algumas informações pessoais. Estas são essenciais porque podem te ajudar a definir suas estratégias. 

Alguns exemplos:

  • O que essas pessoas fazem em seus tempos livres? Ela tem algum hobbie?
  • Que assuntos elas se interessam?
  • Elas trabalham com o que?
  • Qual é o meio de contato que elas mais utilizam?
  • Quais redes sociais elas passam mais tempo?
  • Com quem elas passam seu tempo livre?

Conseguiu essas informações? Beleza! Agora com essas respostas mapeadas, já vai ficando mais claro enxergar como, a partir desse ponto, conseguimos criar estratégias mais personalizadas e eficazes para o seu público.

Mapeamento feito, quais são os próximos passos?

Agora que o público alvo do setor imobiliário está definido, facilita bastante você pensar em estratégias mais exatas para o perfil que desenhou.

Por exemplo, ao fazer o mapeamento de público alvo, eu descobri que a minha imobiliária costuma fechar a maioria dos negócios com mulheres antenadas em tendências. Geralmente, elas estão na faixa etária entre 25 a 50 anos. Além disso, possuem um bom poder aquisitivo e buscam conforto e estilo nos imóveis que procuram.

Com isso, eu posso oferecer a esse público um conteúdo sobre decoração e tendências, em troca das informações do contato. Isso com o objetivo de gerar mais leads no meu funil de vendas.

Mapeamento de público alvo para o setor imobiliário e o funil de vendas

Público alvo e persona

Talvez, ao fazer o mapeamento, você identificou 3 perfis diferentes de consumidores.  Isso é bastante comum.

Nesse caso, você pode definir personas diferentes para abordar de formas diferenciadas. Para quem não sabe, a persona nada mais é que a criação de um personagem para exemplificar o seu público alvo.

Outro exemplo. A partir da identificação do meu público alvo, criei a seguinte persona: 

Leandro, analista de projetos de 32 anos, trabalha numa grande empresa de São Paulo. Ele utiliza muito seu celular para se manter atualizado às notícias do mercado. Por isso, a rede social que mais utiliza é o Linkedin. 

Até devido à sua formação, Leandro sabe que, para conseguir realizar seus sonhos de pagar os estudos das suas 2 filhas, é necessário investir seu dinheiro desde já. E para isso, ele vê o investimento imobiliário como uma boa opção.

Já nesse caso do Leandro, uma abordagem possível de trabalhar, por exemplo, é um anúncio de postagem no Linkedin. Redirecionando-o para uma conversa com um corretor especializado em investimento imobiliário. Segmentando, ainda, a campanha por um  público com interesses relacionados a investimentos. 

Ou até mesmo abordá-lo diretamente pelo chat do Linkedin. Se escolher esta alternativa, muito cuidado com a forma de abordagem, para não parecer muito intimidador.

 A ideia é observar melhor e pensar nos caminhos mais fáceis para chegar no seu cliente potencial. Mais do que isso: no timing mais adequado para seu corretor converter em mais vendas. Seja somente através da construção do público alvo ou pela sintetização destas informações em uma persona. 

Boas práticas para execução do mapeamento de público alvo para o setor imobiliário e ferramentas adicionais 

Boas práticas para execução do mapeamento de público alvo para o setor imobiliário

Para facilitar o processo de construção do seu público alvo, você pode fazer  um formulário e mandar para sua base de clientes responderem. Pode ser tanto através do Survey monkey como do Google forms.

Ou então olhar para sua base atual e conseguir essas informações diretamente com o corretor que fechou a venda.

Se sua empresa é muito nova, talvez não tenha clientes o suficiente para extrair esses dados. Nesse caso, você também pode preparar uma pesquisa de marketing para coletar essas informações.

Para visualizar melhor as informações respondidas, fica também a sugestão de preparar gráficos mostrando o resultados dessas pesquisas. 

Para a construção de personas a partir do seu público alvo, você pode usar o gerador de personas para te ajudar. 

Conclusão 

Como já vimos, o mapeamento de público alvo para o setor imobiliário facilita muito a tomada decisões estratégicas. O que melhora drasticamente seu processo comercial. 

Nesse post, você também viu as vantagens do mapeamento de público alvo para o setor imobiliário. Como por exemplo a definição do meio de comunicação com esse público. Assim como a estruturação dos conteúdos a serem produzidos e a linguagem que você deve utilizar. Além da construção de uma estratégia macro de abordagem. 

Mostramos, ainda, como fazer o mapeamento, dando o passo a passo e exemplos de questionamentos necessários para levantar nessa pesquisa. 

Em seguida, explicamos a importância de definir estratégias para abordar esses contatos, pensando em abordagem e linguagem. E por último, sugerimos técnicas e ferramentas para te ajudar a construir seu público alvo e sua persona.

Aproveite ao máximo cada uma de nossas dicas para fazer o mapeamento de público alvo para o setor imobiliário e encontrar formas de superar essa crise. Estamos juntos nesse desafio!

Kauane Souza

Artigos Recentes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *