Inside Sales: Conheça o método que dobrou nosso número de vendas em três meses

O sonho de toda empresa é vender mais, com menos esforço e se possível 24 horas por dia durante todo ano.

E se eu te dissesse que esse sonho pode se tornar real?

Existe um modelo de vendas que já passou de tendência, para um padrão dentro de empresas. 

Estou falando de apenas duas palavras, que vão diminuir o seu tempo de vendas e te dar muito mais assertividade em vendas.

O que vai te fazer alcançar grandes resultados como nós daqui alguns meses, é algo chamado: Inside Sales. 

O que é Inside Sales?

Inside Sales é a possibilidade de você vender de dentro da sua empresa.

30% das operações de vendas mundiais são Inside Sales.

Estudo realizado pela InsideSales.com

Esse modelo consiste em uma equipe utilizando o universo online para se relacionar com os clientes e gerar vendas. 

Já pensou na possibilidade de não precisar sair da empresa para vender? 

E-mails, telefones, redes sociais e até videoconferência são algumas dessas formas. 

Se isso te interessa, então você precisa entender passo a passo para implantar essa operação na sua empresa.

Como funciona uma operação de inside sales?

Uma operação de Inside Sales pode ser colocada em prática dentro de três etapas: 

  1. Prospecção
  2. Abordagem (qualificação)
  3. Envio de oportunidades para o CRM.

Prospecção

O Inside Sales trabalha com duas principais estratégias para conseguir clientes: Inbound e Outbound.

Prospecção Inbound é considerada uma pesca com vara e prospecção Outbound, pesca com rede

No Inbound você espera algum tipo de reação das pessoas, baseado em conteúdos que você produziu. 

No Outbound você vai atrás de quem acredita que possa virar seu cliente. 

Apesar de um ser mais direto que o outro, ambos dão excelentes resultados se feitos corretamente, com uma boa estratégia. 

A grande questão aqui é –– como fazer com que esse lead gerado, permaneça engajado até o contato com o vendedor?

A chave está no próximo passo.

Abordagem

Você sabia que a má gestão de leads custa, no mínimo, 1 trilhão de dólares para empresas a cada ano? 

Pré-venda (responsável pelo primeiro contato com o lead) garante que seu negócio esteja fora desta estatística!

Pense que cada segundo nessa primeira ligação é valioso. 

A última coisa que pode acontecer, é o desperdício de tempo após o “Alô”.

Para evitar erros que podem te custar um cliente, vou te mostrar tudo que é necessário para ter uma excelente abordagem. 

Você vai me agradecer. 

Primeiro de tudo, você quer vender para esse contato, certo?

Então, nada mais lógico do que colocar para conversar com o seu vendedor somente quem você já sabe que pode comprar.

Para entender se o lead pode ou não comprar de você, existem algumas informações necessárias que você precisa extrair dele. 

A melhor maneira de fazer isso é: perguntando para ele. 

Chamamos isso de –– perguntas de qualificação. 

Veja o que você precisa descobrir:

  1. Cargo de quem está no telefone com você.
  2. Objetivos da empresa dele.
  3. Problemas que tem enfrentado.
  4. Faturamento.

É essencial que, ao fim da ligação, o pré-vendedor conheça profundamente esse possível cliente. 

Agora você precisa decidir o que fazer com esse lead.

Depois dessa ligação, você percebeu que seu negócio fez sentido para ele e que ele tem como bancar essa solução?

Se a resposta for sim, passe esse lead para o próximo nível.

Envio de oportunidades para o CRM

CRM é a sigla para Customer Relationship Management, que significa Gestão do Relacionamento com o Cliente.

Lembra dos dados que trouxe a respeito dos danos que a má gestão de leads pode causar para o seu negócio? 

Não existe a possibilidade de fazer uma boa gestão da sua carteira, sem o uso de um CRM.

Isso porque ele gerencia cada passo que o seu cliente da.

Tudo bem se você usa o Excel e ele tem funcionado hoje, mas estou dando dicas valiosas que vão fazer a sua carteira crescer de tamanho em poucos meses.

Vai ser impossível gerenciar todos esses novos clientes manualmente.

O negócio que visa um crescimento absurdo em pouco tempo, precisa começar a procurar por um bom CRM.

Lembre sempre do prejuízo de, no mínimo, 1 trilhão de dólares para empresas com uma má gestão de leads.

Faça diferente!

Com um bom time e um bom CRM –– será impossível não ultrapassar as suas metas comerciais!

Agora você precisa saber como contratar bons vendedores para esse processo.

Como contratar vendedores para inside sales?

A verdade é que não existe um perfil específico para esse cargo, mas existem competências. 

Vou te dizer algumas características essenciais que o profissional dessa área precisa apresentar. 

Você pode identificar essas competências na hora da contratação, ou até mesmo aprimorar elas nos treinamentos com funcionários mais antigos. 

Tudo que um vendedor de inside sales precisa ser:

#1- Bom ouvinte:

Pense que esse cara vai ouvir várias e várias vezes a mesma história de um cliente, sobre as necessidades e objetivos da sua empresa.

Esses momentos são essenciais para se extrair a dor do cliente e trabalhar em cima dela. 

Só assim para conseguir oferecer uma solução personalizada para o real problema do cliente.

As chances de você vender mais tendo um bom ouvinte na equipe são enormes. 

#2- Curioso:

Nem sempre o cliente vai contar tudo sobre a sua empresa na primeira conversa. 

Então, é papel do vendedor fazer as perguntas certas para entender, detalhadamente, a necessidade do cliente.

É importante criar uma linha de raciocínio antes de entrar na ligação –– para que não se torne uma ligação mecânica. 

Você já notou que esse modelo de ligação não funciona mais. 

Precisa ser uma conversa gradativa e interessante. 

#3- Administrador do seu tempo:

Aqui está uma das competências mais importantes que seu vendedor precisa ter. 

O vendedor precisa definir um tempo certo para cada ligação, visto que existe uma meta para ser batida e vários clientes para entrar em contato.

Entender com que cliente gastar mais tempo na ligação é uma habilidade para poucos. 

Não é sobre apenas ser um bom vendedor. 

Tem que dar resultados –– e grandes resultados.

#4- Aberto ao aprendizado:

O vendedor deve estar completamente atento nas atualizações do mercado.

Busque um profissional que está sempre aberto a um novo conhecimento.

Um cara interessado no crescimento próprio, com certeza estará interessado no crescimento da empresa.

Você precisa de um desses!

Conclusão

Nesse post eu te mostrei mais sobre os benefícios que o Inside Sales pode trazer para a sua empresa.

Também falei sobre como funciona todo esse processo e quais as características indispensáveis para um profissional dessa área.

Agora não tem desculpa, você está mais do que preparado para começar a implementar o Inside Sales na sua empresa.

Comece já a economizar com seu processo de vendas e fechar mais negócios.

Bora gerar leads?

Artigos Recentes

2 comentários em “Inside Sales: Conheça o método que dobrou nosso número de vendas em três meses”

  1. Pingback: Tipos de Prospecção: Como conseguir novos clientes com uma ligação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *